quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Eles tiraram o vídeo dos artistas do Movimento Gota d'água, a gente post...





Alguns minutos de uma deliciosa trilha na Floresta Amazônica, especificamente na Floresta Jaúma, onde fomos acompanhar Tuvá Asurini e Muracaí Asurini que foram pegar barro para a confecção de cerâmicas, artesanato mais famoso dos Asurini. O vídeo ficou um pouco longo embora eu só tenha gravado uns 14 a 15 minutos de nossa descida. Quero mostrar a vocês como é maravilhoso andar com os índios no meio da mata. Onde qualquer um de nós nos perderíamos e também registrar a chegada no barco, no rio Xingu, onde registro o depoimento do nosso querido Manjuca que mostra como o rio está com seu nível baixo. Isso significa que a energia firme (média anual) a ser produzida pela hidrelétrica de Belo Monte promovida pelo governo jamais acontecerá porque na maior parte do ano o Xingu está com seus níveis de água baixo! Ou seja, é uma grande mentira as afirmações oficiais anunciadas! E isso é apenas um dos pontos absurdos de Belo Monte. Embora não tenha mais jeito porque Belo Monte nos foi enfiada "goela abaixo", tudo ficará registrado. Os nomes daqueles que tiveram a coragem de mexer no Xingu! Também é um vídeo gostoso porque traz "alguns sons da Amazônia" embora haja muita conversa nossa. E no meio do vídeo tenho a oportunidade de mostrar a vocês também o cipó do sangue, para os índios, IPAWÍ, que eles usam para machucados. Para os não índios, primeiro seria um mercúrio, depois um anti-inflamatório, daí mais e mais drogas... ELES "TIRARAM" O VÍDEO DOS ARTISTAS CONTRA BELO MONTE DO AR, E AINDA FALAM EM LIBERDADE DE EXPRESSÃO!

Eles tiraram o vídeo dos artistas do Movimento Gota d'água, a gente posta outros!

Alguns minutos de uma deliciosa trilha na Floresta Amazônica, especificamente na Floresta Jaúma, onde fomos acompanhar Tuvá Asurini e Muracaí Asurini que foram pegar barro para a confecção de cerâmicas, artesanato mais famoso dos Asurini. O vídeo ficou um pouco longo embora eu só tenha gravado uns 14 a 15 minutos de nossa descida. Quero mostrar a vocês como é maravilhoso andar com os índios no meio da mata. Onde qualquer um de nós nos perderíamos e também registrar a chegada no barco, no rio Xingu, onde registro o depoimento do nosso querido Manjuca que mostra como o rio está com seu nível baixo. Isso significa que a energia firme (média anual) a ser produzida pela hidrelétrica de Belo Monte promovida pelo governo jamais acontecerá porque na maior parte do ano o Xingu está com seus níveis de água baixo! Ou seja, é uma grande mentira as afirmações oficiais anunciadas! E isso é apenas um dos pontos absurdos de Belo Monte. Embora não tenha mais jeito porque Belo Monte nos foi enfiada "goela abaixo", tudo ficará registrado. Os nomes daqueles que tiveram a coragem de mexer no Xingu! Também é um vídeo gostoso porque traz "alguns sons da Amazônia" embora haja muita conversa nossa. E no meio do vídeo tenho a oportunidade de mostrar a vocês também o cipó do sangue, para os índios, IPAWÍ, que eles usam para machucados. Para os não índios, primeiro seria um mercúrio, depois um anti-inflamatório, daí mais e mais drogas... ELES "TIRARAM" O VÍDEO DOS ARTISTAS CONTRA BELO MONTE DO AR, E AINDA FALAM EM LIBERDADE DE EXPRESSÃO!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Boi Caprichoso 2013 - 3º dia de apresentação no 48º Festival Folclórico de Parintins



Entrada do Boi Caprichoso no 48º Festival Folclórico de Parintins. Apresentação do dia 30 de junho de 2013, última noite do Festival. O Caprichoso este ano só abriu o Festival no último e terceiro dia. Entrada emocionante e apaixonante! Cantamos Parabéns, choramos, trememos a arena!



Continuação da entrada do Boi Caprichoso na terceira e última noite de apresentação do 48º Festival Folclórico de Parintins. Caprichoso, meu Boi, meu amor, minha paixão! Centenário de uma Paixão! 100 anos de emoção!



Mais um momento inesquecível do Caprichoso na 3ª e última noite do 48º Festival de Parintins.


Mais um momento do Caprichoso no terceiro e último dia do 48º Festival Folclórico de Parintins. TE AMO MEU BOI CAPRICHOSO!



Mais um espetáculo do Caprichoso, não tem como descrever, só vendo mesmo! Esse é o meu Boi! Cunhã - Arquitetura de Tupã - Esse vídeo faz parte da sua última e 3ª apresentação no dia 30 de junho de 2013. ..."Cheirosa flor do mato que tupã benzeu"...



..." Bate no peito e canta Galera
Meu amor , eu sou feliz
É AZUL O MEU PAÍS !
Eu sou azul até morrer!
Vou pintar o meu Brasil de azul e branco,
das cores da minha nação,
das cores do meu país,
o azul do planeta do céu e do mar,
inspiração dos poetas,
que o próprio criador pintou"...
Esse vídeo faz parte da sua última e 3ª apresentação no dia 30 de junho de 2013.



Cem Anos de Glória
Amor da minha vida por um negro majestoso
Espero o ano inteiro pra arrancar essa saudade do meu peito
Que me trouxe até você
Amor verdadeiro meu brinquedo de criança
Quando eu te vejo lembro da minha infância
Brincando num chão de estrelas
Para sempre vou te amar.
Vou me entregar de corpo e alma no calor dessa paixão
Mergulhar num infinito azul e branco do teu céu
Da poesia da toada declarar o meu amor
Suspirada na cadência ritmada no tambor.
Vivo pra te amar
Sou livre pra voar
Nas asas do amor
Eu canto pra você,
Meu boi, meu boi, meu boi.
É amor, emoção
Te amo meu boi Caprichoso
Cem anos de glória, orgulho e paixão



Mais um momento do Caprichoso no terceiro e último dia do 48º festival Folclórico de Parintins. BRILHOU, RELUZIU, CAPRICHOSO É A ESTRELA DO BRASIL!



3º vídeo de mais um momento inesquecível do Caprichoso na 3ª e última noite do 48º Festival de Parintins. Meu Boi deixa a arena aos gritos de Bi-Campeão.

Boi Caprichoso 2013 - 2º dia de apresentação no 48º Festival Folclórico de Parintins


Início da apresentação do Caprichoso na 2ª noite do 48º Festival Folclórico de Parintins. Esquentando a galera.


Entrada do Boi Caprichoso no 2º dia do 48º Festival Folclórico de Parintins, dia 29 de junho de 2013. Absoluto! Emocionante! Só vendo!



Começo da apresentação do Caprichoso no 2º dia do 48º Festival Folclórico de Parintins, dia 29 de junho de 2013.

..."Amor da minha vida por um negro majestoso
Espero o ano inteiro pra arrancar essa saudade do meu peito
Que me trouxe até você
Amor verdadeiro meu brinquedo de criança
Quando eu te vejo lembro da minha infância
Brincando num chão de estrelas
Para sempre vou te amar.

Vou me entregar de corpo e alma no calor dessa paixão
Mergulhar num infinito azul e branco do teu céu
Da poesia da toada declarar o meu amor
Suspirada na cadência ritmada no tambor.

Vivo pra te amar
Sou livre pra voar
Nas asas do amor
Eu canto pra você,
Meu boi, meu boi, meu boi.

É amor, emoção
Te amo meu boi caprichoso
Cem anos de glória, orgulho e paixão"...



Apresentação do Caprichoso no 2º dia do 48º Festival Folclórico de Parintins, dia 29 de junho de 2013. Ítem 17 - Lenda Amazônica




Sensibilidade

Vou cantar de azul pro meu caprichoso
Vou emocionar o mundo, vou brincar de boi
Deixo a toada me levar no dois pra lá e dois pra cá
Faço a galera delirar, essa emoção vai me guiar


Sou a estrela que brilha, pura melodia
O acorde, o mais simples cantar
A vontade de ser caprichoso, de pele morena, de sangue
caboclo

Meu canto desperta a floresta, ultrapassa os ventos
Rompendo horizontes e serras
Tem a força do rio amazonas, livre, imponente, sereno

E o meu olhar vai muito além do meu querer
O meu canto vem do corpo e da alma
Ao som da toada, embalada
Esse ritmo, a festa, o balanço me acalma

Que a estrela brilhe sobre mim
Eternizando minhas canções

Trago na voz o meu dom, filho da terra abençoado
Sinto o que os outros não veem
Sensibilidade, ouça meu canto

Cantei por toda a vida e por toda a vida eu vou cantar

É ele que faz meu povo balancear
É ele que faz meu mundo
Minha estrela brilhar
Caprichoso !

Boi Caprichoso 2013 - 1º dia de apresentação no 48º Festival Folclórico de Parintins



Linda entrada do Caprichoso no 1º dia do 48º Festival Folclórico de Parintins, dia 28 de junho de 2013. Excelente oportunidade para que todos vejam também o novo Bumbódromo, reinaugurado este ano.



Momento histórico do Caprichoso no 1º dia do 48º Festival Folclórico de Parintins, dia 28 de junho de 2013, o apresentador Júnior Paulain, vestido de Roque Cid, apresenta toda a família deste que foi o criador do Bumbá Caprichoso!



Momento emocionante do Caprichoso no 1º dia do Festival Folclórico de Parintins, dia 28 de junho de 2013 onde Chico Mendes é homenageado e nossa Amazônia exaltada! esse é meu Boi! Esse é o Caprichoso!



Mais um momento do Caprichoso no 1º dia do 48º Festival Folclórico de Parintins, dia 28 de junho de 2013: ..." Viva a cultura popular, Viva o Boi de Parintins"... e também ítem 7 a Sinhazinha da Fazenda



Vou cantar de azul pro meu caprichoso
Vou emocionar o mundo , vou brincar de boi
Deixo a toada me levar no dois pra lá e dois pra cá
Faço a Galera delirar , essa emoção vai me guiar.

Sou a estrela que brilha , pura melodia
O acorde , o mais simples cantar
A vontade de ser caprichoso ,
de pele morena , de sangue caboclo

Meu canto desperta a floresta , ultrapassa os ventos
Rompendo horizontes e serras
Tem a força do Rio Amazonas , livre , imponente , sereno

E o meu olhar vai muito além do meu querer
O meu canto vem do corpo e da alma
Ao som da toada , embalada
Esse ritmo , a festa , o balanço me acalma

Que a estrela brilhe sobre mim
Eternizando minhas canções

Trago na voz o meu dom , filho da terra abençoado
Sinto o que os outros não veem
Sensibilidade , ouça meu canto

Cantei por toda a vida e por toda a vida eu vou cantar

É ele que faz meu povo balancear
É ele que faz meu mundo
Minha estrela brilhar
Caprichoso!



Saída do Boi Caprichoso no 1º dia do 48º Festival Folclórico de Parintins. Show na primeira noite! Esse é meu Boi! Esse é o Caprichoso!

sexta-feira, 3 de maio de 2013